quarta-feira, 11 de maio de 2011

Câmara Municipal aprova projeto que proíbe terminal pesqueiro na Ilha do Governador


Proibido terminal pesqueiro na Ilha do Governador




A Câmara do Rio aprovou ontem, terça-feira (10/05), por unanimidade, em segunda discussão, o Projeto de Lei n°621/2010, de autoria dos vereadores Eider Dantas (DEM), Paulo Messina (PV), Tânia Bastos (PRB), Elton Babú (PT) e Jorge Pereira (PTdoB), que proíbe a construção de qualquer terminal pesqueiro na orla marítima da Ilha do Governador, no Município. A proposta segue para a sanção do Executivo Municipal.


A Câmara Municipal do Rio aprovou na terça-feira (11), por unanimidade, o projeto de lei que proíbe a construção de um terminal pesqueiro na orla da Ilha do Governador, zona norte da capital.
O projeto atendeu a uma reivindicação dos moradores do bairro, que se colocaram contra os planos do Ministério da Pesca e Agricultura, que pensava em instalar o terminal na localidade da Ribeira, sub-bairro da Ilha.
Os moradores entendiam que o projeto era uma ameaça ao meio ambiente e ainda poderia interferir na esfera urbanística, desvalorizando imóveis do bairro.
O vereador Eider Dantas (DEM), responsável pelo projeto lei, alertou sobre as irregularidades do terminal.
- Não sou contra a construção de um terminal na cidade, mas na Ilha não dá. O projeto fere leis ambientais e urbanísticas, seria construído em área residencial e de unidade de conservação da natureza, o que é proibido. Existe o risco de impactos viários, falácia do emprego, risco à segurança aeroportuária, além de afetar gravemente a qualidade de vida dos moradores da Ribeira.

... e esse é copiado do portal R7 ( com a data errada mas tudo bem)

Foi bacana ver a mobilização contra a construção do terminal pesqueiro. Melhor ainda é ver que o resultado disso foi uma conquista muito positiva para o Bairro da Ribeira (onde moro). No domingo mesmo, estava velejando e passei pela frente do local onde seria o bendito terminal. Fiquei imaginando o resultado que esta intervenção poderia causar não só por terra quanto por mar já que temos o manguezal que já teve momentos piores em um passado não muito distante e hoje está preservado graças a mobilização de moradores da colônia de pescadores Z-10.

Ao lado uma foto da desembocadura do Rio Jequiá... Não merece tráfego intenso de embarcações despejando óleo nem tampouco restos de peixe apodrecendo!

Parabéns e obrigado aos moradores da Ilha que lutaram por uma causa justa e digna. Precisamos de ação!

Nenhum comentário:

Postar um comentário